Redes Social

quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009

Melhor Jogador de Futebol de Todos os Tempos





Filho de dona Celeste Arantes e de João Ramos do Nascimento, conhecido futebolista no sul de Minas Geraisalcunhado Dondinho, em 1945, mudou-se com a família para Bauru (São Paulo). O nome "Edison" foi escolhido pelo pai para fazer uma homenagem ao inventor Thomas Edison.

Ainda criança manifestou a vontade de ser futebolista. Ironicamente a alcunha "Pelé" que serviu para identificar o jogador considerado o maior goleador de todos os tempos teve origem num goleiro. Em 1943 o pai de Pelé jogava no time mineiro do São Lourenço. Pelé, que então tinha três anos, ficava bastante impressionado com as defesas do goleiro da equipe do pai e gritava: "Defende Bilé". As pessoas próximas começaram a chamá-lo de "Bilé". Muitas crianças colegas do garoto Edison tinham dificuldade em pronunciar "Bilé" e com o tempo o apelido virou "Pelé".

Com onze anos já jogava em um time infanto-juvenil, o Canto do Rio, cuja idade mínima para participar era de treze anos. O pai então o estimulou a montar o seu próprio time: chamou-o Sete de Setembro. Para adquirir material, como bolas e uniformes, os garotos do time chegaram a pegar, sem autorização, produtos nos vagões estacionados da Estrada de Ferro Sorocabana para vender em entrada de cinema e praças.

Um fato que destacou a importância de Pelé no exterior foi quando de sua visita a África em 1969. No transcorrer da guerra civil na África, para que Pelé e o time do Santos FC transitassem em segurança entre Kinshasa e Brazzaville, as forças rivais declararam a interrupção das agressividades, chegando a ocorrer, numa região de fronteira, a transferência da delegação sob tutela de um exército para o outro.

Este fato fez lembrar o sonho do Barão Pierre de Coubertin ao fazer renascer os Jogos Olímpicos no século XX. Pois era costume na Grécia Antiga a decretação de um armistício quando da realização dos jogos olímpicos da época.

Pelé começou sua carreira no Santos FC, em 1956 e disputou sua primeira partida internacional com a seleção brasileira dez meses depois.

Professor de Educação Física, formado em 1974, pela Faculdade de Educação Física de Santos (Universidade Metropolitana de Santos)

Na década de 1980, namorou a então aspirante a modelo Xuxa, sendo considerado o principal responsável pela projeção inicial da mesma na midia. O mesmo período em que foram lançadas filmagens de Xuxa em um filme erótico chamado Amor, Estranho Amor. O filme com cenas polêmicas de Xuxa teve a exibição embargada na Justiça Brasileira anos depois, por iniciativa da própria atriz, que se tornara famosa e rica na TV e brasileira atuando como apresentadora infantil, e não por Pelé.

Foi ministro dos Esportes do Brasil de 1995 a 1998. Nessa época aprovou mudanças na Lei Zico, que passou a ser conhecida como Lei Pelé. A legislação, muito criticada pelos dirigentes de clubes brasileiros, na verdade segue em linhas gerais as diretrizes internacionais da FIFA para contratação de jogadores.

Em 2000, na eleição de Melhor Jogador do Século da FIFA, Pelé foi aclamado como o melhor de todos os tempos, a frente do argentino Diego Maradona.


10 comentários:

Mitico disse...

Picareto

Isto sim é um post doentio :)

Mitico disse...

Bom... Quanto ao BOOOOOM do momento ou seja o golo orgasmico de Di Maria mantenho a minha simples e humilde opiniao:

Jogador mediano. Mais um Sabry! E de malabaristas e brincalhoes é so ir à favela da Rocinha que a malta traz de lá às dezenas.

Com um bom treinador pode começar a perceber que o futebol é um jogo de equipa. Até lá continuará a ser isto mesmo. Um jogador de imprensa à espera de ser vendido para os administradores da sad encarnada encaixarem mais algum...

Tenho dito.

Abraço a todos

Mitico disse...

AH! Já me esquecia... Ontem nos States parece que andou um aviao a boiar...

Deve ter sido das poucas vezes que vi malta a aterrar sem virar o barco!?!!!!! :)

Abraço a todos

PS: Pirata ... foi o Pinto da Costa que provocou aquilo tudo nao foi?

Pip __ pip ___ pip ___ pip ___ pip

El Pirata disse...

mitico, sai do sol que aepsar de quentinha e agradavel, este sol de inverno pode ser fatal... e a ler o que acabaste de escrever já deves estar

Pip __ pip ___ pip ___ pip ___ pip


eheheh :)

El Pirata disse...

quanto ao di maria, nunca poderá ser comparado a um sabry, esse nem sabia o que era um fora de jogo caramba! E tambem tinha dificuldades a apertar sapatos, segundo Mourinho :)

Di maria tem formaçao de escola argentina, uma das melhores do mundo, falta-lhe uns cojones à Michael Thomas e uma dedicação ao ginasio à CR7 para que todo o seu talento vire utilidade pro futebol e nao para o circo cardinalli.

Eu, que sou apreciador de talento, espero que siga o conselho. Caso contrario o Vitor Cardinalli ja tem o proximo Dumbo para entreter as criancinhas.

Oautor disse...

Falta menos um dia para o fimmmm do zportem!!!!! :)

El Pirata disse...

Quanto à questao Pele Vs. Maradona. Nao vi o negrao jogar, vi o cocas e tenho muita saudade dele. Para verem o quanto o apreciava, se por obra do destino tivesse vindo jogar pelo fcp, ate iria ver jogos às antas só pra o ver. Isto é o cumulo de dedicaçao a que consigo chegar. Para mim o melhor de todos os tempos.


E, para sustentar esta minha afirmaçao, tenho argumentos. Pele é tricampeao mundial de selecçoes e maradona só tem um titulo? É verdade, mas vejemos o peso especifico de Pele nos titulos.

Comecemos pelo de 1962. Pele lesionou-se no primeiro jogo e nao mais participou. Se o Brasil foi campeao mundial deve-o a muitos outros jogadores, em especial ao super Garrincha, o homem do torneio. Sobram 2 titulos.

Em 1958 Pele tinha 17 anos, foi a coqueluche da equipa. Ninguem no seu perfeito juizo, nem o proprio Pele, pode sustentar que o Brasil so foi campeao por causa de Pele. De forma alguma, a equipa era muito boa. No entanto, pelo que vi à dias num programa da Sportv, Futbol Mundial, a França de Just Fontaine teria sido um osso durissimo de bater se pudesse ter alinhado com 3 argelinos franceses, todos eles titulares e importantes na equipa. No entanto, devido á guerra entre frança e argelia pela independencia deste ultimo, estes 3 jogadores optaram por recusar a selecçao francesa que ja haviam, em variadissimas ocaisoes, representado. Ou seja, nem Pele foi essencial e ainda contou com um forte condicionalismo da selecçao francesa nas meias finais.

Partimos entao para 1970. O Brasil de 70 é considerado por muitos como a melhor selecçao mundial de todos os tempos. Ora, se assim é, e nao o brasil de 58 a 72, onde tambem entrou Pele, significa que Pele era peça importante mas nao o unico a brilhar, bem longe disso! Basta recordar que Jairzinho conseguiu o feito de marcar em todos os jogos desse mundial, algo nunca mais repetido e façanha provavelmente impossivel de igualar.

Contas feitas, Pele foi brilhante, nao ponho em causa, mas nunca carregou o brasil ao titulo. Teve sempre excelentes mosqueteiros, e quando o barco ameaçou naufragar, em 1966 e em 1974, surgiu uma lesao e uma reflectida e inteligente reforma, para nao retirar brilho ao curriculo dourado.


Ja Maradona, que estupidamente foi excluido do mundial de 1978 por menotti (e os 2 nunca se deram muito à conta desse episodio) impedindo-o de se sagrar campeao mundial com 17 anos!, conquistou praticamente sozinho o mundial de 1986. As coisas sao muito simples: sem maradona a argentina nunca seria campeã mundial, provavelmente nem teria participado no mundial! E em 1990 idem aspas, talvez nao tao evidentemente, mas em ambas ocasioes foi uma argentina muito fraca como conjunto, abrilhantada por um genio. Teve azar Maradona, se tivesse jogado na selecçao de 1994 em diante teria sido tri ou tetra campeao, nao tenho duvidas.

Pele ou Maradona? Sempre Maradona, com coca ou pepsi envolvida.

El Pirata disse...

Autor, estarás tu a dar milho às pombas e pao aos pardais, todo desdentado e na companhia do mitico, e ainda haverá muito zborden para tu veres futebol em condiçoes em Portugal :)

El Pirata disse...

e agora vai entrar post pre-gala. Sao as indicaçoes a tomar, nada de irem de fim de semana sem levarem o pdf na pen ou imprimido - nao é boa ideia, serão umas 25 paginas :)

alcides.battistin disse...

É ua falta de respeito com o futebol comparar Maradona com Pelé. O negao fez uas 1300 gols, foi tricampeao mundial, fez miseria em jogos que nao havia televisao e nem ficaram registrados. Maradona fez pouco mais de 300 gols e ganhou um titulo, fez um golaco que o consagrou ainda mais,,, e fez um gol irregular com a mao e se orgulha disso. Nao da para comparar. So os argentinos gostam de equipara-los. Alias, nao da pra discutir muito, outro dia um argentino amigo e disse que Maradona era muito tecnico e Pelé um simples finalizador,,, depois disso parei que discutir futebol com ele.