Redes Social

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Narrativas…

Nota Prévia: Este post é uma cópia integral de um post publicado no blog bibo-porto-carago.

image

Um homem tristemente célebre chamado Joseph Goebbels disse um dia que "uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade". Chegados a 2013, a infame frase continua a fazer escola, sendo levada à letra por muitos departamentos de comunicação e diferentes personalidades, sejam quais forem as suas áreas de actuação e objectivos.

Nos últimos tempos temos assistido a mais um festival de antiportismo, desta feita vindo do lado verde da 2ª Circular. Depois de anos de desilusão e de um trágico quase triplete do lado vermelho, heróis precisavam-se para combater o monstro azul e, no meio da depressão da capital, eis que surge em cena Bruno de Carvalho. Utilizando a retórica habitual, o novel Presidente leonino tem feito o seu percurso sem grandes novidades, sendo uma mera cópia de tantos outros, como já tive oportunidade de abordar AQUI. Naturalmente que tal postura é bem recebida pelos círculos habituais, não sendo brindado com epítetos como “incendiário”, “imaturo”, “nocivo para o futebol português” ou “hipócrita”, como provavelmente seria o caso se presidisse aos destinos do FC Porto e tivesse semelhantes atitudes. Mas adiante...

Ao sentar-me para escrever este texto tive a vontade de, mais do que olhar para o presente, ir buscar uns tesourinhos do passado e comparar com as narrativas que por ai circulam, uma vez que, ontem como hoje, o que interessa é repetir até à exaustão uma ideia e torná-la “verdadeira”.

Antes de começar a viagem, queria deixar um agradecimento a Portistas como o Paulo Bizarro (do blog Filhos do Dragão - paulobizarro.blogspot.pt) e o 4lusos (nosso colega de blog), gente que tem feito um trabalho discreto mas extraordinário de colocar online um grande número de jogos do passado, permitindo-nos tirar as nossas próprias conclusões e comparar com aquilo que a intelligentsia lisboeta tem escrito ao longo dos anos.

Vamos então ao enquadramento geral. Conforme já tive oportunidade de abordar AQUI, é unanimemente considerado que a chegada da dupla Pinto da Costa / Pedroto aos comandos do FC Porto e as suas “línguas afiadas” marcaram a ascensão do FC Porto num percurso forjado a partir de uma guerra sem precedentes no desporto nacional. É portanto aceite como verdade absoluta e indiscutível que desde 1976 as gentes do Porto tornaram-se especialistas em receber mal, usam todo o tipo de estratégias para chegar às vitórias e transformaram-se em autênticos fomentadores de terror. Nesse texto contestei essa conclusão amplamente difundida pelos nossos rivais, mas será que as imagens comprovam essa minha discordância?

- 1982/83 - Campeonato Nacional: FC Porto - Benfica (0-0)
Caminhava para o final o primeiro campeonato completo da presidência de Pinto da Costa, por entre polémicas e acusações graves às arbitragens e com derrotas contestadas na Amora e em Setúbal. No meio de um clima crispado, a vitória era fundamental para manter vivas as esperanças do título.

Reparem aos 0:17 a forma hostil como os adeptos encarnados foram recebidos. Vejam ao 1:10 como os pobres jogadores do Benfica foram agredidos enquanto tentavam alcançar a pé a entrada do departamento de futebol, sendo que a testemunhar tal recepção vemos ao 1:30 o actual subdirector d’A Bola José Manuel Delgado, na altura aquecedor de bancos e hoje um talibã do regime. E, se ainda tiverem paciência, poderão observar aos 6:35 como o departamento médico do FC Porto tentou agravar a lesão de Filipovic.

- 1983/84 - Final da Taça de Portugal 82/83: FC Porto - Benfica (0-1)
Marcada para as Antas muito antes de se conhecerem os finalistas, esta final foi boicotada pelo Benfica, que a tentou levar de volta para o Jamor. O jogo acabou por se realizar nas Antas, sendo no entanto disputado no início da época seguinte, a 21 de Agosto. A lenda urbana diz que os vermelhos foram mal recebidos e que conquistaram a vitória num clima de guerra, após a célebre assembleia geral onde Pinto da Costa proferiu a frase “Lisboa não pode continuar a colonizar o país, o desejo deles é que o FC Porto desça de divisão”.

Bom, muito poderia ser dito sobre o inferno montado em torno dos vermelhos, mas fico-me pelos 2:13. Repare-se a forma como Pedroto maltrata Eusébio, dizendo-lhe que “pode treinar qualquer equipa, em qualquer parte do Mundo”!


Podia ter dado outros exemplos para contrapor outras narrativas, repletas de “verdades” amplamente difundidas e assentes em relatos de favorecimentos descarados, de penalties e livres cavados pelos azuis e brancos em períodos “negros” como os finais dos anos 80 e inícios dos anos 90. No entanto, a frieza das imagens que agora temos disponíveis ajuda a verificar que afinal não era bem assim e que, por muito que lhes custe admitir, o FC Porto por entre climas de guerra em Lisboa, Faro, Guimarães, Portimão, Chaves, Braga entre outros, foi simplesmente mais forte, muito mais competente e quebrou a harmonia dos 3 campeonatos para o Benfica e 1 para o Sporting com todo o mérito.

Um bem-haja portanto a quem nos proporciona a oportunidade de ver com os nossos olhos aquilo que nos tentam esconder... O problema para quem nos detesta e inveja é que a liberdade e a democracia já existem desde 1974 e o “Portugal perfeito” que a Delta ainda nos apresentava em 1988 já é há muito uma mera recordação dos tempos da “velha senhora”.

Parafraseando o Presidente Pinto da Costa, "Anjos não sei se somos ou não, mas anjinhos não somos de certeza"!

Retirado daqui

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

FCPorto 3–Sporting -1

Captura de tela 2013-10-28 00.52.28

PS: Peço desculpa por não conseguirem ver o post…este individuo meteu a cabeça à frente!!!

domingo, 27 de outubro de 2013

O grande Puyol!

Depois que terminou o clássico de hoje, contra o Real, todos foram embora: adeptos, jogadores, arbitros, jornalistas...Menos Puyol. Ficou uma hora a treinar a parte física, por livre e espontânea vontade. É por isso que és e serás sempre um exemplo! És muito GRANDE Puyol!

960213_487536258020907_1335896194_n

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Detalhes da champions!!!

356250

(erro infantil de Fucile e jogamos contra 10 toda a 2a parte)

BXNY3x2CcAAK4ct

(erro infantil de Herrera e jogamos 90min contra 10)

FC Porto-Zenit, 0-1
Liga dos Campeões, grupo G, terceira jornada
22 de Outubro de 2013
Estádio do Dragão, no Porto
Assistência: 31.109 espectadores

FC PORTO: Helton; Danilo, Otamendi, Mangala e Alex Sandro; Fernando, Herrera e Lucho (cap.); Josué, Jackson Martínez e Licá
Substituições: Licá por Varela (53m), Josué por Defour (75m) e Lucho por Ghilas (86m)
Não utilizados: Fabiano, Maicon, Quintero e Ricardo
Treinador: Paulo Fonseca

ZENIT:
Lodygin; Ansaldi, Neto, Lombaerts (cap.) e Smolnikov; Shatov, Fayzulin e Shirokov; Arshavin, Hulk e Danny
Substituições: Arshavin por Zyryanov (65m), Shirokov por Kerzhakov (73m) e Smolnikov por Criscito (80m)
Não utilizados: Vasyutin, Hubocan, Bystrov e Tymoshchuk
Treinador: Luciano Spalletti

images

ERGUE-TE FC PORTO!!!!! ESTAMOS AQUI PARA TE APOIAR!!!!!!!

POOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORTO!!!!!!

Coisas 2




Tal como D. Quixote, também eu tenho os meus moinhos de vento para combater. Entre vários, um deles volta à ribalta, as capas dos jornais desportivos, a nemesis do Autor e que é tão fácil e simples de explicar que basta olhar para as mesmas do passado domingo. A biblia lampiã e o pasquim portista, após exibições miseráveis das equipas cujos adeptos sustentam o respectivo jornal, decidiram fazer o quê? O correcto, dizendo que ambas as equipas foram ridiculas e desrespeitaram os adeptos que os sustentam? O razoável, afirmando que as exibições foram meramente uma formalidade, em virtude da jornada decisiva da Champions? Ou o absurdo, tentando retirar algo positivo dos jogos? Sim, como qualquer empresa na área da comunicação que quer sobreviver, optaram ambos por agradar a quem lhes enche os bolsos, mesmo falseando o evidente e criando ilusões de treta. É isto Autor, seja pros vermelhos ou pros azuis, o objectivo é agradar e vender, não é fazer-se justiça. Cavaleiro, Ricardo, Reyes e Carlos Eduardo? Poupem-me...




Em 2009, segundo o IDP, existiam em Portugal 11.302 clubes, mais 2.406 que em 2000, um acréscimo de cerca de 20 por cento, o que dá, num país com 10,6 milhões de pessoas, uma média de um clube por cada 934 habitantes, nada mau, pode faltar muita coisa por cá, mas uma associação recreativa para entreter arranja-se sempre. Como vês Johnny Moedas, tens em Portugal 11.301 clubes onde jogar, treinar, dirigir ou andar por lá a comer croquetes ao estilo Rui Costa. Quanto ao outro, ao que já começas a referir-te, lava essa boca com sabão e evita andar a fazer as tristes figuras do Futre, nunca mais lá voltarás a colocar os pés, nem que venhas a ser o melhor treinador deste planeta. Estamos esclarecidos oh anão pesetero?




Em mais uma excelente crónica sobre futebol, o Futebol Magazine dá-nos a conhecer mais sobre o sucesso espanhol desde meados da década de 90. Assim custa menos, penso eu de que...

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Coisas



A rainha portista veio dizer que com ele o Paulo Bento nunca será treinador do clube. Porque será? Será porque Bento tem espinha e não se deixa vergar por idiotas no comando, que o mandam dizer alarvidades e mentir com total descaramento, como o tolinho actual?


É triste este tipo de subserviência. Um simples "não comento" é o suficiente para não se comprometer com a verdade sem ter de mentir. Mas por isso é que eu digo, Paulo Bento é que nunca irá para um clube dirigido por gatunos e não o contrário. Parece que não, mas ainda há homens com H bem grande no futebol português. E não precisa ser grande coisa como treinador, basta dar o seu melhor sem esperar favores para ir mantendo a carreira. 


Entretanto a UEFA borrifou-se para as queixinhas portistas de comentários com mais de três anos de existência. Parece que foram racistas. Engraçado, os insultos a uma pessoa com deficiência como o roupeiro do Sporting não são ofensivos, se calhar porque estavam em escutas ilegais. Um palhaço é sempre um palhaço, mas por algum motivo os circos estão vazios, já ninguém os atura!

Para fim de festa fica a grande verdade da semana, dita pelo pequeno mouro:


«Em Espanha, quando chamam ‘filho da puta português’, sei que é um sentimento profundo. Um verdadeiro ódio»

Espanta-me é haver portugueses que acreditam nesses indios fronteiriços. 



PS:


"A Academia do Sporting é a mais forte e isso prova-se pela quantidade de jogadores que lançou na Europa e no Mundo." 

E ainda há quem coloque aquele comedor de tremoços como o melhor jogador português de todos os tempos. É deixar passar a estupidez, a idade não perdoa, mas a história também não perdoará, e tu jovem leaozinho, és um orgulho da nação leonina. Assim que esta brigada do reumático for chatear o Camões, os livros escreverão os factos e não as lendas.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Cuspidelas de merda…

porcos

Sim, Pirata ao leres isto vais dizer que o Gajo do Sporting apanhou 2 jogos! Mas o que eu quero chamar aqui atenção é o facto do jogador do FCPorto ter sido castigado antes de Jorge Jesus por algo que não se vê que tenha feito! Gostaria também de referir que se aquele jogo tivesse passado no Porto canal e nós tivéssemos a atitude badalhoca comum nos benfiquistas, teríamos escondido essas imagens e o jogador não era castigado! A liga tem um grande problema nas mãos e em vez de o resolver cada vez dá mais tiros nos pés! A imprensa badalhoca centralista vai fazendo o seu papel…sempre que deu esta noticia falou no Ínsua, e nunca referiu que Enzo Perez não foi castigado! Uma vergonha!!! Já sei que amanha vamos ter festa e Badaró ira animar com mais um show…estou ansioso! Gosto do Badaró!

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

O cuspe…

Parece que Josué vai ser castigado em 2 jogos, pelo menos é o que a imprensa diz. Acho piada ele já está a ser julgado, pensei que só fosse julgado depois de Jorge Jesus! Mas pronto, fica aqui uma dúvida: Será que num jogo transmitido na benfica TV as imagens de um jogador do benfica a cuspir num adversário iriam ser passadas e repassadas? O jogador iria ser protegido e não iriam aparecer imagens como esta e o jogador não iria ser castigado!?

enzo_cospe

Espera…mas este jogo não foi transmitido na benficaTV e apesar de toda a gente ter visto a cuspidela e o cuspe a voar, o Enzo Perez não foi castigado!! Existe um ditado que diz…não cuspas para o ar porque ele pode cair-te em cima, espero que os dirigentes da liga saibam o que significa!

PS: Não quero com isto defender o Josué, se ele realmente cuspiu tem que ser castigado, e de certeza que o FCPorto já tratou de o avisar que situações dessas não podem acontecer!

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

É assim que Moçambique nos trata…

image

Diamantino obrigado a deixar Moçambique

O Ministério do Trabalho de Moçambique decidiu revogar, «com efeitos imediatos, a autorização implícita de trabalho em Moçambique concedida ao Sr. Diamantino Miranda como treinador da equipa principal de futebol do Clube Desportivo Costa do Sol». Logo, «o cidadão em causa deverá abandonar o País nos termos legalmente estabelecidos».
Esta decisão surge após participação do Ministério da Juventude e Desportos aos ministérios do Trabalho e do Interior (a este cabe fazer cumprir a obrigação de Diamantino deixar o País) pelas declarações que o treinador proferiu no passado sábado, após o jogo com o Vilankulos.
«O Ministério do Trabalho tomou conhecimento (...) dos insultos proferidos pelo Sr. Diamantino Miranda (...) ao afirmar nomeadamente «todos aqui são ladrões».
Neste momento a Direção do Costa do Sol está reunida e agendou uma conferência de imprensa para analisar a situação. Mas uma coisa é certa: Diamantino Miranda vai mesmo ter de deixar o País tão rápido quanto possível.

Quando a imprensa Portuguesa “promove” uma guerra Portugal/Espanha só para defender o Mourinho e amigos (serão?), o parolinho português acredita mesmo que os Espanhóis não gostam dos portugueses e os discriminam. Pois é meus amigos, não gostar de um povo discrimina-lo e trata-lo mal foi feito pelo país que era amiguinho. O tal país PALOP do Eusébio Ferreira! É bem feito para quem defende este tipo de países. Agora quero ver qual vai ser a reação da imprensa portuguesa…

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Tiki-taka by Bayern Munique!

Este Guardiola é muito fraquinho!

O Mundo ao contrário!



Já dizia "Magic" Johnsson, o mal da NBA actual está no facto dos jovens chegarem à elite e, ainda antes de encestarem um único cesto, já são milionários! Como se vê, o mal não está somente na América, o futebol padece da mesma doença. Quem não se recorda das tretas que os dois chimpanzés que animaram este verão vomitavam diariamente na comunicação social? Segundo eles, Bruma tinha de sair do Sporting porque era muito mal pago. Pelos vistos 5 mil euros mensais para um miudo de 18 anos com uma duzia de jogos na equipa principal, era pouco! E, saliente-se, se Bruma renovasse o ordenado seria substancialmente superior, uma vez que ele na dúzia de jogos e no mundial de juniores, confirmou o potencial. Será que o caminho certo é o que se fez com Fábio Paim, que já recebia 5 ou 10 mil euros ainda como júnior de 16 anos? Viu-se...

William Carvalho é um miudo. Com rodagem em alguns clubes a nível sénior antes de chegar e agarrar a titularidade esta época no Sporting. Recebe o vencimento acordado com a direcção leonina, e ainda não o ouvi contestar o que quer que fosse, nem a ele, nem ao empresário, nem a qualquer outra sanguessuga que surge sempre nestas alturas. Evidentemente que, caso Carvalho mantenha as performances, existirá uma revisão contratual, caso contrário será um erro de gestão de Bruno Carvalho, o mesmo tipo de erro que Sousa Cintra cometeu com Luis Figo, e se eu na altura estive totalmente do lado do jogador, que fez tudo dentro de campo por merecer melhoria substancial de salário e não recebeu por parte dos dirigentes o respeito devido, o mesmo se passará com William Carvalho. É muito bonito exigir-se amor à camisola, mas eu compreendo perfeitamente os desejos profissionais dos atletas, se forem competentes, sérios, trabalhadores e respeitarem a camisola e os respectivos adeptos, merecem, dentro da realidade do clube, o aumento salarial. William Carvalho, mantendo a progressão, está na linha da frente para renovação e revisão salarial. Mas pelo que faz dentro de campo, não pelo que outros julgam que ele merece, a começar pelo jornal que lhe dá destaque hoje! Esse sabemos bem o que pretendem, eu gostaria era de saber como vai a novela Sancidino, o Bruma vermelho com elevado potencial e que se recusava a renovar. Não interessa, não é?...

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Sportyng Clube de Lisbon!!!!!

peter_kenyon_1

Os negócios de compra e venda de Marco Torsiglieri estão na génese do processo interposto pelo fundo de investimento "Quality Football Ireland Limited", que deu entrada no Tribunal de Lisboa no passado dia 2 de Outubro, encontrando-se em causa uma dívida de cerca de 807 mil euros por parte da SAD do Sporting ao fundo de investimento liderado pelo bem conhecido Peter Kenyon, antigo director-executivo de Manchester United e Chelsea, que estará muito desagradado com toda a postura dos leões neste processo.
A acção poderá levar mesmo à penhora de bens do clube verde-e-branco, caso a verba em causa não seja liquidada ou não se verifique um acordo entre as duas partes em disputa.

domingo, 6 de outubro de 2013

6 de Outubro de 2013


O Cantinflas foi expulso! 

Bem sei que a troika mandou cortar nos feriados e acabamos de passar pelo 5 de Outubro como se não fosse nada (convenhamos, nunca foi nada de jeito, para fazer a merda destes ultimos cem anos mais valia ter deixado tudo como estava) mas por mim, com ou sem referendo, fazia já um novo feriado a 6 de Outubro, foram precisos 5 anos (assim por alto, façam vocês as contas) para que este uruguaio com ares de sociopata e mariachi nas horas livres fosse convidado a sair do campo de jogo, isto após centenas de faltas normais, dezenas de faltas violentas e seguramente uma mão cheia de faltas que não arruinaram a carreira do pobre coitado que lhe surgiu pela frente por mera obra do acaso.

Não vi o jogo, não sei se foi bem ou mal expulso (que estou eu a dizer, expulsar este selvagem nunca pode ser um erro) nem quero saber se o SL Couratos ganhou com ajudas arbitrais, quero apenas que a FPF retire as insignias internacionais a um qualquer dos macacões incompetentes que as detem (até pode ser ao palhaço do portista Proença) e as atribua ao sujeito que teve a coragem de fazer aquilo que nenhum outro tinha até então. Este sim, seja ele qual for muito embora tenha a certeza absoluta que não era nenhum internacional, merece ir passear pela europa fora e receber chocolatinhos para adormecer com um sorriso no rosto.

sábado, 5 de outubro de 2013

A seleção nacional e os selecionáveis!

Anthony Lopes e Aladje são mais Portugueses que Marquinhos ou Douglas Costa? Bruma sente mais Portugal que Fernando?

visaodemercado

Só porque nasceste num estábulo, não significa que sejas um cavalo. A discussão é a mesma, mas os problemas também o são. Não será a Visão de Mercado a desmistificá-lo, mas é-nos legítimo apontar alguns exemplos, algumas soluções, que facilmente suavizariam a mente da mente mais céptica. A questão é: iriam estes jogadores acrescentar qualidade-extra à nossa selecção?

Não há outra forma de encarar a problemática quase quezilenta e capaz de fazer saltar os nervos patriotas. Não há porquê? Fácil: alguém levantou a voz quando Aladje ou Anthony Lopes jogaram por Portugal? Ambos nascidos fora de território de Camões, ambos criados e crescidos longe deste deformado rectângulo que se abre ao Atlântico (nunca jogaram ou viveram no nosso País). Mesmo quando o argumento do puritano assenta no tempo de permanência interna, facilmente é desfeito por um facto exemplar: em 2007, chegavam a Portugal dois talentos. Um dirigiu-se à Academia de Alcochete, o outro para as oficinas do FC Porto. Um dá pelo nome de Bruma, o outro de Fernando. Não só partilham o timing de chegada, como outra realidade indesmentível: de portugueses tem zero. Entretanto, Bruma tornou-se uma das maiores promessas das selecções jovens portuguesas. Fernando teria a mesma hipótese na mente de muitos? Não nos parece. E olhem que Fernando, com a partida de Bruma para a Turquia, até reside há mais tempo por cá...

E se vos disséssemos que, depois de Deco, a solução encontra-se na fria Ucrânia? Douglas Costa, fantástico médio-ofensivo do Shakhtar Donetsk, é o feliz proprietário de um passaporte que o apresenta com dupla-nacionalidade. Portuguesa, e brasileira, país onde nunca foi, nem será aproveitado. Aviva-se a pergunta retórica: acrescentaria qualidade? E Marquinhos, central mais promissor do Mundo (ler aqui)?

A ideia é a de que, de alguma forma, a imigração no futebol não é algo natural. Aceitamos ver aquela equipa holandesa (ou francesa) racialmente colorida, porque sabemos, de antemão, que isso faz parte da história e processo migratório de gerações passadas. Xenofobia não se coaduna com a necessidade que emerge de um negócio altamente rentável como é o futebol e, para Marquinhos demonstrar interesse em representar Portugal, é porque é inteligente o suficiente para perceber isso. E nós, quando nos deixaremos de sentimentos bacocos face a um negócio que em nada representa o valor moral de uma nação?

Copiado daqui

Outra Coisa

Meus caros amigos, e como hoje é fim de semana, ainda por cima era feriado e já não é, ou ainda é, bem, isso agora é outra coisa como diria o Diogo Beja e a malta da Antena 3, resolvi fazer um post diferente. 

Não sou ouvinte desta rádio mas como me chegou ao ouvido certos e determinados comentários sobre o humor de Luis Franco Bastos e as suas imitações, em particular de Bruno de Carvalho, não resisti e fui ao local certo para escutar gravações, o Youtube pois está claro. E gostei. E ao que parece, o próprio presidente leonino também gostou. Tirando o presidente cagão, que continua a apostar em ressuscitar o Herman José, que deixou de ter piada em 1999, a restante malta lusitana prefere os humoristas contemporâneos, e ainda bem, num País em crise não falta gente jovem com sentido de humor e capacidade para nos fazer rir, o que ainda é o que melhor faz á saúde e é gratuito! Aqui ficam dois momentos, um com Bruno de Carvalho e outro com Pinto da Costa. A testar o sentido de humor dos bloggers do Tribunal.





quinta-feira, 3 de outubro de 2013

«Sou o campeão da liga dos recordes»

image

José Mourinho socorre-se dos números e dos recordes que ostenta no currículo para responder a quem o acusa de ser um treinador defensivo.
«Todas as minhas equipas são fantásticas, são elas que detêm os recordes de golos. Sou o campeão da liga dos recordes, é esse o meu lugar na história», dispara o português, em declarações reproduzidas pelo site da ESPN.

Oh Mourinho fazes-me lembrar este artista, ele em humildade é um campeão!

Para que mais uma mentira não se torne verdade…

Hoje já ouvi dizer vezes demais que o PSG na época passada não perdeu nenhum jogo na Champions e foi eliminado pelo Barcelona! É quase verdade, foi eliminado pelo Barcelona, mas perdeu um jogo!!! Jorge Jesus pede a alguém que te leia este blog…

image

Chama-se James Rodriguez o senhor que ofereceu a derrota ao PSG!