Redes Social

quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Assim não aguento…

image

«Acho que Tiago Ribeiro fala de mais» - Bruno de Carvalho

O presidente do Sporting reagiu às declarações do homólogo do Estoril, que disse, depois de o Conselho de Justiça da FPF ter anulado as eleições da Liga, que os clubes que apoiaram Mário Figueiredo, como foi o caso do Sporting, deviam «ter consciência do mal que fizeram».
«O presidente do Estoril tem feito um esforço muito grande para surgir. Mas as pessoas já o conhecem, é o presidente do Estoril, o nome é Tiago Ribeiro, acho que não devia fazer tantas intervenções e ter tanta necessidade de ser conhecido. Acho que fala de mais», disse o líder leonino.

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!!!!!!

A sério…acho que rir assim tanto deve fazer mal, de certeza!!! EHEHEHEHEHEHEH

Já não aguento mais!!! eheheheheheheh

Pirata, aprende com o teu presidente…que TOP!!!

terça-feira, 29 de Julho de 2014

Dr Pirata explica


Caso nº 1 - Os vómitos do anão



Uma imagem vale mais que mil palavras, eu também vomitaria diariamente se tivesse de andar junto a estes dois marmanjos sifilosos. Case closed. Irei agora debruçar-me sobre a constante mudança da cor do pêlo do JJ, aguardam-se conclusões para breve.

domingo, 27 de Julho de 2014

Futebol de Perdição

Caro Autor, como sei que és um assíduo tele-espectador da Sporting Tv, aqui vai um dos programas que fazem o sucesso do canal. Mais logo, quando fores beber um chazinho de camomila enquanto frequentas blogs de qualidade duvidosa, aposta antes em ver um bom programa. Eu sei que vais gostar.




sábado, 26 de Julho de 2014

De boca aberta




Em declarações à imprensa sul-africana, publicadas hoje, Danny Jordan reconheceu que Carlos Queiroz, que orientou a África do Sul entre 2000 e 2002, é uma das opções para suceder a Gordon Igesung, demitido depois de falhar o apuramento para o Mundial 2014.

"Se Queiroz estiver indisponível, há outros candidatos. Não vamos entrar num leilão", afirmou Danny Jordan quando questionado sobre as eventuais exigências salariais do treinador português. Segundo a imprensa sul-africana, Carlos Queiroz estará a exigir um ordenado de 148 mil euros por mês, quatro vezes mais que o valor do contrato que a federação sul-africana mantinha com Igesung. 


Extraordinário! Não só o Carlos não entende que o simples facto de alguém ainda o desejar para treinar uma equipa sénior de futebol profissional é por si só um mistério, como consegue ter a ousadia de cobrar algo pelos seus serviços acima da tabela salarial de um ordenhador de vacas do Nepal. Até quando pensas divertir-te, Carlos? 

sexta-feira, 25 de Julho de 2014

Mágico para sempre!

"Jogador de pura classe. Um verdadeiro companheiro. O seu valor, a dedicação e paixão por jogar faziam de Deco um dos jogadores mais respeitado pelos colegas e, claro, dos mais queridos pelos adeptos do Barcelona". - Albert Jorquera

"Deco é sinónimo de profissionalismo, dedicação, trabalho e magia. Um exemplo dentro e fora de campo, que contagiava todos os que tiveram o privilégio de jogar e conviver com ele". - Giovanni Van Bronkorst

“O Deco era o cérebro da equipa, pela sua visão de jogo, pela forma como pensava e executava as jogadas. Conseguia sempre retirar o melhor de cada um, pondo toda a gente a jogar.” - Mark Van Bommel.

"Jogámos três anos juntos no FC Porto e ganhámos quase tudo o que havia para ganhar. A conquista da UEFA Europa League, em 2003, e da UEFA Champions League, em 2004, foram os momentos mais felizes da minha carreira e o Deco fazia parte dessa equipa de sonho. Foi um privilégio dividir essas vitórias com um dos melhores médios que passou pelo futebol português." - Ricardo Carvalho

"Se há coisas de que tenho muitas saudades é dos jogos em que partilhava o meio-campo da Selecção e do FC Porto com o Deco. Jogar ao lado dele sempre foi um descanso. Sei que nunca seria o que fui sem a ajuda dele. O Deco era um jogador fenomenal!" - Maniche

“O Deco era um jogador com uma insaciável vontade de vencer. Para ele, não importava se era um jogo do Campeonato, um treino ou a Liga dos Campeões. A vontade de ganhar era sempre a mesma. Quando estava inspirado, ninguém o conseguia parar.” - Sylvinho

“Foi uma sorte para mim ter jogado com o Deco no FC Porto, com um jogador talentoso, positivo e alegre, com um indivíduo fantástico. É uma honra poder participar no seu jogo de despedida e voltar a lutar, lado a lado, com os jogadores com quem ganhámos a Liga dos Campeões, e refrescar as memórias sobre os tempos vividos. Talvez, os melhores tempos! Obrigado, Deco! Vemo-nos em breve!” - Alenichev

“Sempre aprendi muito com o Deco. Aprendi, principalmente, que o talento não se ensina, nasce com cada um. E nisto ele foi um abençoado. Tenho a sorte de ter jogado com ele e ter ficado seu amigo.” - Carlos Alberto

“Nos meus primeiros anos na equipa principal do FC Barcelona, partilhar o balneário com o Deco foi especial. Aprendi muito com ele, que foi um dos grandes da Europa, e conseguimos os primeiros títulos para o Barça depois de muito tempo sem ganhar.” - Andres Iniesta

"Foi um dos jogadores mais talentosos com quem joguei. Se tive alegrias durante a minha carreira, muitas devo-as ao Deco e isso nunca vou esquecer.” - Pedro Emanuel

“Há muito poucos jogadores que marcam a diferença por onde passam e o Deco é um deles. Foi um dos principais responsáveis por uma das melhores épocas da história de um grande clube, o FC Barcelona." - Rafa Marquez

“Deco, é um orgulho ter feito parte da minha carreira ao teu lado. Felicidades, campeão! Abraço, enorme craque!” - Xavi

“Deco: líder, vencedor nato e, sobretudo, um homem do futebol com quem partilhei grandes alegrias.” - Victor Valdés

“Dentro e fora do campo, foi sempre um privilégio poder contar com a magia do Deco. No dia-a-dia, a boa disposição e descontração dele continuam a marcar a nossa amizade. No relvado, tenho pena de só ter podido seguir de longe as jogadas que ele inventava para decidir jogos.” - Vítor Baía

"Deco, foi um privilégio poder trabalhar contigo. Foste um dos jogadores decisivos para o sucesso do FC Barcelona no tempo em que trabalhámos juntos. Desejo-te muito sucesso na vida e vou sempre pensar em ti de forma agradável e com gratidão." - Frank Rijkaard

“Deco simboliza o prazer de jogar futebol, mas o verdadeiro prazer, o prazer de jogar, de competir e de ganhar. Deco era uma estrela numa equipa de estrelas, em que a estrela maior era a equipa. Deco era o primeiro a sorrir nas horas grandes, decisivas, possíveis de desfrutar só pelos grandes jogadores. E quando digo grande, digo mesmo grande! Digo grande no talento, na ambição, na liderança, na responsabilidade, na humildade. Quando, na minha casa, um dia depois de ganharmos a Taça UEFA, concordámos que ficaríamos no FC Porto mais um ano, sabíamos que ficávamos para escrever História, para ganhar a Champions. Deco foi o meu 10." - José Mourinho

A essência de um futebolista





Este post, juntamente com o anterior, serve para ilustrar o que é o futebolista "pós 25 Abril". Bem, se calhar estou a exagerar na viagem no tempo, vamos então todos concordar que é a essência de futebolista "pós lei Bosman". Amor à camisola? Só se for para arranjar um tacho pós fim de carreira, porque o verdadeiro amor à camisola morreu assim que se descobriu a possibilidade de ir ganhar substancialmente mais dinheiro para clubes inferiores e sem perspectivas de títulos nem, em alguns casos, de titularidade ou algo parecido. Giggs, Xavi, Casillas, Totti, Messi? De todos estes se calhar dou o benefício da dúvida a Totti, claramente num clube sem projecção mundial e onde o salário não será equivalente ao dos tubarões. Francesco Totti, a pregar o amor à camisola desde 1993. Internem-no porque não deve andar bom da cabeça...

quarta-feira, 23 de Julho de 2014

“Estou muito triste”–Eliseu!

image

Tal como A BOLA anunciou, o lateral português Eliseu (ex-Málaga) confirmou que chega esta quarta-feira a Lisboa para assinar por três épocas com o Benfica, numa transferência avaliada em cerca de 1.5 milhões de euros.
«Estou muito triste. Na verdade não queria sair, mas surgiram as coisas assim. Eles pagaram um bom valor, falei com o clube e com treinador, que contava comigo isso foi claro. Foi tudo à última hora, antes da viagem para a Austrália. Estava mais ou menos decidido que ficava, mas surgiu a oferta e apenas faltavam alguns detalhes para concretizar a transferência», afirmou Eliseu, em declarações à Cadena Ser. Vou assinar por três temporadas e já tenho tudo praticamente acertado.»
O valor da transferência é de 1.5 milhões de euros, mas esse número poderá aumentar se o jogador alcançar determinados objetivos.

Somos campeões!!! Isto é do melhor que se faz em comédia!!!

Humor do mais alto nível!!! Estou completamente viciado no canal do Sporting!!! Gajas boas e Badarós de grande nível! Obrigado bruno de carvalho por esta lufada de ar fresco na comédia em Portugal!!

Agora sim, estou esclarecido!



«Entendo que foi uma surpresa [a eleição de Messi], porque as pessoas só se lembram da segunda parte da final. Na comissão vimos todos os jogos e decidimos que foi o jogador mais importante para a sua equipa. E chegou à final, uma das condições para ganhar o troféu», referiu Houllier, em entrevista concedida ao jornal francês Le Monde.


«Messi foi decisivo nos primeiros quatro jogos. Nas meias-finais com a Holanda, foi o primeiro a marcar nas grandes penalidades. A análise também tem em conta o facto de que ele foi o capitão de uma equipa coesa, que jogou sempre unida, algo que não se via há muito tempo na Argentina. Para mim, merece amplamente a Bola de Ouro pela forma como levou a sua equipa à final»



Já ouvi muitas barbaridades no mundo do futebol, aliás, esta nem é a maior de todas, no dia em que os advogados da múmia flatulenta, para o safar da cadeia, conseguiram não o ilibar das provas mas sim anular essas mesmas provas, como que dizendo, se formos todos cegos ninguém pode afirmar que de dia existe mais luz solar que de noite, deixei de ficar surpreendido com a capacidade com que o mundo corrupto que gravita à volta de uma bola incentiva a estupidez humana. Mas pensei sempre, inocente, que lá fora a vontade de fazer estúpido o comum dos mortais seria menor. Afinal enganei-me. Não só elegem o anão vomitador como o melhor do torneio como ainda nos tentam impingir justificações. Meus caros, até podeis afirmar que a merda que comeis é deliciosa, não me obriguem é a prová-la! Obrigado.

sábado, 19 de Julho de 2014

E é isto…

image

João Bonzinho, na Bola de ontem:

"Os jornalistas desta casa não estão (nem nunca estarão) ao serviço de empresários, dirigentes ou directores de clubes..."

Fernando Mendes no livro Jogo Sujo:

«Fui confrontado com a hipótese de rumar ao Benfica por duas figuras do jornalismo nacional, e em especial da Imprensa desportiva: Leonor Pinhão, assumida benfiquista do jornal A Bola, e João Bonzinho, que também pertence ao mesmo jornal e que nunca fez questão de negar as suas cores clubistas. Foi-me dito que ambos tinham ligações próximas com a direcção do Benfica» (…) «Assinei contrato pelo Benfica, no Bairro Alto, na casa de Leonor Pinhão e do seu marido, o realizador João Botelho. Para além dos dois, estavam lá João Bonzinho, Jorge de Brito, como representante do Benfica, e o meu jovem advogado»

Já dizia Manuel Machado:

«Na vida um vintém é um vintém e um cretino é um cretino. Há coisas que não mudam por muito que a gente pinte de amarelo, de vermelho ou se encha jornais. São valores absolutos»,